Casal Caicoense acusado de fraude contra empresa NNEX é posto em liberdade

|

(FOTOS: Igor Jácome/G1/RN)

O juiz Luiz Cândido Villaça, concedeu na tarde desta quinta-feira, (24), a liberdade para o casal caicoense, Tarcísio Nóbrega de Melo Júnior e Rafaela Pereira Gurgel de Melo, presos acusados de fraude financeira cotra a empresa NNEX de Marketing Multinível. A decisão proferida pelo magistrado é carregada de medidas cautelares impostas ao casal.

Os dois foram postos em liberdade ainda na noite desta quinta-feira, por oficiais de Justiça. Os alvarás de soltura foram encaminhados, um para a Penitenciária Estadual do Seridó e o outro para a Academia de Polícia Militar em Natal, onde Rafaela estava detida.

As medidas cautelares são às seguintes:

* O casal está proibido de se ausentar da comarca de Caicó sem comunicar previamente o juízo, devendo se apresentar na Secretaria da Vara Criminal, semanalmente, sempre às segundas-feiras;

Matéria completa AQUI!



* Suspensão de exercerem qualquer tipo de função junto à empresa Veloz Net.Com Serviços de Internet LTDA, bem como afastar-se dos seus prédios, instalações e equipamentos;

* Proibição de frequentarem a empresa sob qualquer pretexto;

* Comunicar previamente, com a finalidade de obter autorização, ao juízo caso resolva exercer alguma atividade laboral;

* Recolhimento  domiciliar até às 19 horas e proibição de frequentar bares, restaurantes, festas e afins, notadamente porque são locais onde, por terem grande aglomeração de gente e o fato tratado no inquérito policial teve grande repercussão social nesta Comarca, e é NECESSÁRIO resguardar a integridade física dos indiciados.

Já existiam dois pedidos de liberdade para o casal impetrados na Justiça. O Ministério Público caicoense, opinou pelo deferimento da liberdade dos dois.

“Analisando a prisão efetivada, tenho que a mesma já não se mostra necessária, podendo muito bem ser substituída por medidas cautelares”, disse o juiz Luiz Cândido em sua decisão.

Fonte: Sidney Silva

1 Comentário:

Anônimo disse...

Gustavo, eu e muitos outros divulgadores da NNEX em Caicó recebemos a garantia por escrito de Nando dizendo que daria a diferença do dinheiro caso não tivesse o ressarcimento por parte da empresa do valor integral investido em até 16 semanas, mas, ocorre que, esse prazo já decorreu e eu não recebi nem a metade do capital investido. Será que Nando vai pagar amigavelmente ou preciso entrar com ação judicial? Gostaria que alguém se manifestasse sobre isso.

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

 

No ar desde ©2006 Blog do Gustavo Nóbrega | Extrutura atual / Template Blue desenvolvido por TNB modificado por Net Serviços