Sogra e cunhada matam mulher após acusá-la de traição / suposto corno não interviu

|

Três mulheres foram presas na madrugada deste domingo (24) acusadas de assassinar uma mulher a golpes de faca e ferir outra com uma pedrada na cabeça no bairro do Jeremias, em Campina Grande, Agreste da Paraíba. Segundo a polícia, uma outra mulher continua foragida e o motivo do assassinato foi por causa de uma suposta traição da vítima.

O comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, tenente coronel Souza Neto, informou que as vítimas foram as domésticas Renata Santos, de 25 anos e Renale da Silva Oliveira, 22 anos. Renata foi ferida com dois golpes de faca no pescoço desferidos pela sua própria sogra e a cunhada.

Renata e Renale moravam na mesma residência. As duas foram socorridas para o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes, mas Renata não resistiu aos ferimentos e veio a óbito. Renata era casada com um presidiário e a sogra dela, identificada como Maria da Conceição da Silva, 59 anos, estava acusando de trair o marido.

De acordo com Souza Neto, testemunhas informaram que as discussões começaram no local por volta das 20h deste sábado (23) e durou até a madrugada deste domingo (24). Após saberem da morte da doméstica, vizinhos se armaram com pedaços de pau e tentaram linchar as acusadas do homicídio e, só não tiveram êxito, devido a chegada da Polícia Militar. Durante a confusão, três mulheres se esconderam dentro de casa e outra fugiu.

As mulheres apontadas pelo assassinato são Edvânia Pereira Barros, de 37 anos; Maria da Conceição da Silva, 59 anos (acusada do homicídio e sogra da vítima); Ednalva Pereira de Andrade (acusada na participação do homicídio e foragida) e Edilene Pereira de Andrade, 34 anos (acusada da lesão corporal). As presas foram encaminhadas à Central de Polícia.

Fonte Portal Correio
Publicado por Gustavo. Nóbrega

1 Comentário:

Anônimo disse...

E essas assassinas forma absolvidas! Que país é esse?

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

 

No ar desde ©2006 Blog do Gustavo Nóbrega | Extrutura atual / Template Blue desenvolvido por TNB modificado por Net Serviços