Consórcio de Resíduos Sólidos do Seridó elege nova diretoria

|

A Secretaria de Estado de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) reuniu na manhã da terça-feira (19) em Caicó, os representantes das Prefeituras que compõe o Consórcio Público Regional de Resíduos Sólidos do Seridó.

O objetivo do encontro foi informar aos novos prefeitos eleitos no pleito de 2012 e aos que continuaram na gestão quanto ao andamento do Consórcio, que foi firmado em março do ano passado. Outro ponto de pauta foi a eleição de uma nova diretoria para o Consórcio.

O prefeito da cidade de Caicó, Roberto Germano, foi eleito Presidente. Além dele foram escolhidos quatro gestores para também comporem a Comissão, são eles: Sérgio Eduardo Medeiros de Oliveira, prefeito de Carnaúba do Dantas; João Maria Alves, prefeito de Lagoa Nova; Francisco de Assis Medeiros, prefeito de Parelhas e Maria de Fátima da Silva, prefeita de Ouro Branco. Na acasião, também foi votado e aprovado o Estatuto do Consórcio.

Visando apoiar os municípios do Estado no que diz respeito à gestão de Resíduos Sólidos, a Secretaria Estadual de Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) fomentou a criação e organização de consórcios intermunicipais. Três já estão devidamente criados: Alto oeste, Seridó e Vales do Assu.

A Semarh está elaborando projetos para a construção de três sistemas de aterro para destino final de lixo. Este em Caicó, para atender 25 municípios do consórcio do seridó, um em Assu que prioriza mais 25 municípios da região do vale do Assu e Central e outro em Pau dos Ferros que atenderá 44 municípios do Alto Oeste.

Os recursos para a construção dos aterros da região da Alto Oeste e do Seridó, já estão assegurados através de um convênio com a Fundação Nacional de Saúde e somam R$ 22 milhões, incluindo contrapartida do Governo Estadual, fruto de uma emenda parlamentar do Senador Garibaldi Filho.

A Semarh vem planejando essas ações tendo como base o Plano Estadual de Gestão de Resíduos Sólidos (PEGIRS), lançado em junho deste ano pelo Governo do Estado. Esse documento ratificou a regionalização do estado em sete polos, são eles: Seridó, com 25 municípios; Alto Oeste com 44 municípios; Assú, com 24 municípios; Metropolitano, com 08 municípios; Agreste, com 39 municípios; Mato Grande, com 26 municípios e Mossoró.

Uma das propostas do PEGIRS é a criação de consórcios públicos entre as cidades de cada uma dessas regiões.  Depois de criado, o consórcio administrará o sistema de aterro que atende sua região.

Publicado por Gustavo. Nóbrega

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

 

No ar desde ©2006 Blog do Gustavo Nóbrega | Extrutura atual / Template Blue desenvolvido por TNB modificado por Net Serviços