Governo do RN trabalha modernização do perímetro irrigado de cruzeta

|

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) através do Programa Semiárido Potiguar (PSP), vem desenvolvendo o Projeto de recuperação e modernização do Perímetro Irrigado de Cruzeta na região Seridó. Estão previstos a aplicação de 2,2 milhões de reais, a partir de contrato de empréstimo entre o estado do Rio Grande do Norte e o Banco Mundial. Com esta ação, serão beneficiados diretamente 23 lotes de irrigação administrados por agricultores familiares e indiretamente um total de 41 famílias.

Localizado no município de Cruzeta e implantado pelo DNOCS no ano de 1976, o perímetro irrigado foi concebido para distribuição das águas por gravidade na superfície em sulcos em cada lote através de uma rede de canais com extensão de 12Km. Apesar de apresentar um menor custo fixo e operacional, além de consumir menos energia, atualmente possui baixa eficiência e não permite o uso racional da água disponível.

O objetivo deste projeto piloto é a auto-sustentação do sistema de irrigação, para isso estão sendo executadas ações que permitirão uma gestão melhorada do perímetro e dos negócios como unidade produtiva de cada parcela de irrigação. A principal mudança será no método de irrigação a ser utilizado. No método de sulco a água é distribuída na área irrigada através de canais que banham toda área a ser cultivada. O novo sistema a ser implantado de irrigação localizada, onde a água é distribuída por gotejamento somente na zona das raízes das plantas cultivadas, evitando assim o desperdício do recurso.

O projeto prevê ainda a recuperação e ampliação da rede de energia elétrica, aquisição de equipamentos de irrigação localizada para cada uma das 23 parcelas de irrigação, recuperação da estrutura física do canal principal, assistência técnica e ações de educação ambiental, todas custeadas com recursos do Governo do Rio Grande do Norte. Já foi contratado um Engenheiro Agrônomo que está prestando assistência técnica permanente, relacionada à produção, aos agricultores, à transição dos métodos de irrigação, assim como, em parceria com o SEBRAE, desenvolvimento de curso de capacitação para reorganização da Associação dos Irrigantes do Perímetro Irrigado de Cruzeta- APICRUZ.

Atualmente os agricultores e de acordo com a disponibilidade de água, plantam culturas temporárias como: tomate, feijão, macaxeira, milho, melancia, melão e pimentão. Com a implantação dos novos projetos de irrigação em cada lote, serão plantadas culturas temporárias e permanentes que juntas ocupação uma área irrigável de 124 hectares. Paralelo à atividade agrícola, a maioria dos agricultores têm atividade de pecuária em pequena escala, como forma de incrementar a receita familiar.

Perímetro Irrigado é uma área coletiva onde os trabalhadores desenvolvem atividades de irrigação para produção agrícola. Em geral a água usada para a atividade advém de uma fonte específica, seja um rio, açude ou até um poço.

O DNOCS já promoveu a titulação das terras do perímetro na parceria com o governo do RN e esta fazendo a recuperação das pontes canais e comportas do projeto, além das instalações físicas das instalações dos escritórios locais.

Os irrigantes representados pela Associação dos Irrigantes do Perímetro Irrigado de Cruzeta- APICRUZ como contrapartida da recuperação e modernização do perímetro, assumiram a responsabilidade de construir em seus lotes, reservatório para acumulação de água e casa de bombas, cujos projetos já foram encaminhados para o Banco do Nordeste para obtenção do crédito necessário.

Publicado por Gustavo. Nóbrega

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

 

No ar desde ©2006 Blog do Gustavo Nóbrega | Extrutura atual / Template Blue desenvolvido por TNB modificado por Net Serviços