Assaltantes escalam menores para praticar furtos, ganho é em comissão

|


Seria cômico se não fosse triste, mas a cidade de Caicó está passando por uma situação ao qual já vive grande parte das cidades grandes, menores da periferia estão sendo escalados por bandidos para praticarem pequenos crimes, os lucros são repartidos através de comissão.

Grande parte dos menores que estão envolvidos no esquema dos assaltos são viciados em Crack ou maconha, a maioria dos delitos não são registrados na Delegacia de Polícia Civil devido as pessoas falarem que não dá em nada, já que os meliantes são menores.

A polícia militar de Caicó já tem conhecimento de quem são boa parte destes menores e tem combatido o crime, porém, enquanto os policiais ficam preenchendo a papelada da apreensão dos menores, os mesmos vão embora da DP, muitas vezes mangando da polícia.

Recentemente um desses menores foi apreendido com um revólver calibre 38 e informou que havia adquirido a arma no Beco da Troca, porém, a polícia acredita que as armas que estão sendo utilizadas nesses assaltos pertencem a bandidos que emprestam as mesmas para que os menores cometam o delito.

Trafico de Drogas

Outro ponto que está sendo investigado pela polícia é a questão do tráfico de drogas na cidade, onde os menores também estão atuando como mulas, as entregas são realizadas em motos, bicicletas e principalmente em motonetas (as Traks em Geral).

Enquanto a justiça não tomar as providências para dar um melhor suporte para os policiais militares trabalharem, analisando melhor os casos e as reincidências destes menores no envolvimento do mundo do crime, podemos dizer que a polícia esta fazendo papel de Palhaço.

Novo quite de trabalho dos PMs para atuar contra menores infratores


1 Comentário:

Anônimo disse...

Caro SDPM Gustavo, você tem toda razão em tudo que disse. Mas lamento por informar que infelizmente a Vara da Criança e do Adolescente necessita ser melhor moralizada, pois é perceptivel que os famosos comissarios de menor, ou Agentes de Proteção, que tem a obrigação de atuarem mais na cidade não fazem nada. Sem esquecer que no meio dessa gente há pessoas perigosas envolvidas com o crime organizado e que se beneficiam da condição de uma credencial da justiça pra entrar e sair de festas sem serem revistados e pior que sabemos que com armas de fogo pertencentes a traficantes.

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

 

No ar desde ©2006 Blog do Gustavo Nóbrega | Extrutura atual / Template Blue desenvolvido por TNB modificado por Net Serviços