Paraplégico foi deixado dentro do mato, filho do mesmo foi levado como refém

|

O blog do meu amigo Sidney Silva, traz mais detalhes sobre a ação criminosa que ocorreu ontem na divisa do RN com a PB. Entre elas, como se desenvolveu a ação dos bandidos.

Segundo a polícia, o bando voltava de Catolé do Rocha, em um veículo Celta de cor prata quando os pneus dianteiros estouraram. O carro tinha sido roubado. De posse de duas pistolas e dois revólveres calibre 38, eles tomaram um veículo Corsa sedan que passava no local, com duas pessoas, sendo uma delas paraplégica. 

Os bandidos o jogaram o paraplégico no mato, e seguiram com o seu filho dentro da mala. Ele foi identificado como, Leri Queiroz, 36 anos, motorista, natural de São Paulo/SP, e residente na Rua Maria Amália, n°. 327, Bairro Manoel Veras, em Catolé do Rocha/PB.

Pouco tempo depois o Corsa deu problema, “apagando geral”, então os bandidos retiraram um som que estava na mala do carro e colocaram na pista, momento em que tomaram uma moto de Edemir José da Silva, 28 anos, tecelão, natural de Jericó/PB, e residente na Rua Francisco Rodrigues da Silva, n° 90, Bairro São Bernardo, em São Bento/PB. Ele também foi colocado na mala do carro, porém foi neste instante que os policiais de Jardim chegaram e começou a troca de tiros.

A moto era uma Honda Bross NXR-125, de cor azul, ano 2004, e placa MOK 3969/PB, e foi nela que eles tentaram fugir. Os quatro na mesma moto.

Quando os bandidos entraram no mato foram perseguidos. José Pablo foi encontrado agonizando por causa dos disparos sofridos. Os outros fugiram.

A última informação, que chega é que os policiais conseguiram encontrar um revólver usado pelo bando.

0 comentários:

Postar um comentário

Deixe aqui seu comentário!

 

No ar desde ©2006 Blog do Gustavo Nóbrega | Extrutura atual / Template Blue desenvolvido por TNB modificado por Net Serviços